terça-feira, 27 de maio de 2008

Sucesso (Ou Fiasco?) - Por Max Gehringer ...

Poucas vezes li uma cronica tao infeliz em toda minha vida.

Incrivel como esta cronica esta em todos os blogs, e em todos esta sendo elogiado. Pra quem ainda nao leu, acesse, e confira antes de ler meus comentarios:
http://www.via6.com/topico.php?tid=115356&uid=MariseJalowitzk


Agora que estamos todos na mesma pagina, podemos fazer alguns questionamentos sobre cada um dos topicos do texto dele.

1- Voce se lembra de quem ajudou voce a entrar na empresa onde voce trabalha atualmente? De quem ficou ateh mais tarde te ajudando a terminar algum servico? De quem te indicou a pessoa certa para uma conquista? De um bom conselho recebido?
Pra todas essas perguntas, minha resposta eh sim.

2 - Essa eu acho que nao vale nem a pena comentar? A importancia de um favor diminui com o tempo? A de uma desfeita aumenta?
Suponha que voce recentemente virou gerente na sua empresa, empresa no qual foi indicado por um colega... a importancia do favor diminuiu? Nao entendi...
O cara nao te extendeu a mao pra cumprimentar (usando o excelente exemplo do colunista) e depois de 10 anos esse ato eh ainda pior?
Enfim... tentou complementar a ideia do topico 1 e utilizou uma metafora sem a menor coerencia.

3 - Alguem concorda com essa distincao de colega e amigo? Faz sentido pra voces? Os estereotipos usados nao parecem ser muito realistas, parecem mais personagens de novela em que o amigo vira colega e o colega vira vilao em 2 capitulos (normalmente no de sexta para sabado)

Acho que o final eh a melhor parte! ''Durante sua carreira, uma pessoa normal terá a impressão de que fez um milhão de amigos e apenas meia dúzia de inimigos. Estatisticamente, isso parece ótimo. Mas não é. A Lei da Perversidade Profissional diz que, no futuro, quando você precisar de ajuda, é provável que quem mais poderá ajudá-lo é exatamente um daqueles poucos inimigos.''

Entao de nada adianta fazer amigos? Pra que cativar, semear, renovar, cultivar um bom networking? Vah ao trabalho, execute suas tarefas, nao fale com ninguem, e volte pra casa.. assim voce nao farah inimigos... tenho certeza que foi assim que Donald Trump, Roberto Justos, Steve Jobs lograram em suas carreras, nao eh Max?

''Portanto, profissionalmente falando, e pensando a longo prazo, o sucesso consiste, principalmente, em evitar fazer inimigos. Porque, por uma infeliz coincidência biológica, os poucos inimigos são exatamente aqueles que tem boa memória.''
Ueh, e eu que achava o oposto? Que bobinho neh...

E que historia eh essa de 'coincidencia biologia'? Faca-me um favor...

1 Comentário:

Maguinho disse...

e eu q não tinha lido essa....concordo com vc Homer...cumé q o elemento me escreve isso...abraços

Homero Carmona... © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO