quarta-feira, 30 de abril de 2008

De Analista de Negocios a Garcon de Corrida de Cavalos

Finalmente consegui meu primeiro emprego em territorio estrangeiro. Na primeira semana eu havia conseguido um trabalho para arrumar prateleiras, mas aquela historia de infomalidade... de repente o cara nao me ligou mais! Ontem liguei pra ele, vou mandar o CV de novo, enfim...

Felizmente, apos tres semanas consegui a primeira fonte de renda, um bico de Garcon, no maior evento de corida de cavalos da Irlanda.

Para contar a historia desde o comeco, como consegui este bico? Meu amigo que esta aqui comigo (Edu Giansante) conseguiu esta vaga, mas na sexta-feira, enviaram um SMS cancelando, falando que nao precisariam mais dele. Ficamos p. da vida, mas tudo bem. O evento comecou na terca-feira, dia em que, as 22h, a mesma empresa que havia cancelado a presenca do Eduardo, ligou solicitando que ele fosse, e que levasse ainda mais 3 pessoas... foi ai que me encaixei.

Primeira paralelo rapido: Quando a empresa nao quer mais o funcionario, eh mto facil dispensa-lo, pois qdo ela precisa, o funcionario vai como um cachorrinho. O Analista ou o Garcon, e ateh mesmo o Analista Garcon!

Comecei a trabalhar. Quarta-feira de manhazinha jah estava em Purchstown, recebendo instrucoes do meu novo chefe e morrendo de medo de fazer um monte de besteira.

Primeiro dia, tudo deu certo! Servi todo mundo direitinho. Eram apenas eu uma polonesa servindo e limpando mesa de cerca de 200 pessoas, mas tudo deu certo e teve ateh gorgejinha no final.

Segundo dia, um pequeno incidente. Apos servirmos o almoco (buffet), todos haviam comido refeicao e sobremesa, chegou a hora de recolher os saleiros, manteigas, etc. Eu tava correndo pra um lado, o gerente correndo pra outro quando ele gritou ''Homer, collect salt, pepper and butteries!'', e eu prontamente atendi. Peguei uma bandeja e recolhi da primeira mesa, mas na segunda quando fui pegar o saleiro ''pluft''! Eis que caiu um copo de vinho, e caiu em um dos senhores da mesa.

A mulher dela riu-se e disse: ''Oops, You`re so lucky!'' (pq nao caiu no vestido dela), e o marido dela com aquela cara de bunda. Peguei a toalhinha tentei ajudar.

Segundo paralelo: Serah que no mundo corporativo eh diferente? Voce esta correndo pra entregar algo, de repente vem seu chefe e grita ''Fulano, preciso de outra coisa pra agora!'' Voce uimediatamente para o que estava fazendo e sai correndo pra atender o pedido, e quando finalmente termina o relatorio, manda com um valor desatualizado. Ou seja, na pressa acaba fazendo uma pequena lambanca.
Terceiro dia, o casamento: Nada de estraordinario aconteceu, apenas que precisavamos servir a ''Top Table'' (mesa dos noivos) primeiro, e todos de uma soh vez. Entao, ensaiamos. Na hora de servir, apareceu gente pra ajudar de outro lugar, e quem era de lah mesmo ficou ainda mais perdido. Mas no final conseguimos servir a todos sem desastres ou atrasos.

Terceiro paralelo: Passei por uma situacao parecida como Analista de Negocios. estavamos todos correndo para finalizar o projeto, de repente o gerente chamou reforco de todos os cantos possiveis, gente que nao sabia do que se tratava o projeto ou ateh mesmo o cliente. Vieram pra ajudar, mas no final das contas todo o trabalho deles foi jogado no lixo, pois foi impensado e descordenado. Perda de mais tempo e de um bom dinheiro, pois eram recursos caros para o projeto.

Quarto e ultimo dia: Open bar, para enlouquecer qualquer garcon? Ou nao, creio que foi o dia mais bacana, em que clientes e funcionarios (garcons) estavam mais leves. Pra mim correu tudo bem, e o chefe ateh liberou uma cervejinha no final.

Quarto pararelo: O ultimo dia de trabalho normalmente eh bem legal, desde que seja um final planejado! Quando isso acontece, a cerveja eh sempre uma das companheiras, tanto pro analista, quanto para o garcon.

Para quem quer mais noticias sobre a Irlanda, acesse http://e-dublin.blogspot.com

1 Comentário:

zeze ribeiro disse...

muitto bom vlw mesmo peças dicas de garço tudo de bom

Homero Carmona... © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO